Homem-Aranha: Longe de Casa, o novo filme do Amigão da Vizinhança, pode ter preparado terreno para um improvável, mas possível, personagem.

A partir daqui esse texto contém spoilers de Homem-Aranha: Longe de Casa. Então se você ainda não assistiu ao filme e se importante com spoilers, considere-se avisado.

Bom, se você já assistiu ao longa, você provavelmente chegou as cenas pós, créditos. Certo? É sobre elas que vamos falar. Para sermos mais precisos, sobre a primeira cena.

Logo ao fim do filme, Peter resolve levar MJ para passear e experimentar um pouco da adrenalina de ser o Homem-Aranha. Em um determinado momento, eles param e de repente são surpreendidos por um noticiário.

Esse noticiário, mostrava uma cena que Mysterio grava em seu leito de morte. O vilão então revelava para o mundo a verdadeira identidade do Cabeça de Teia. Vale ressaltar a incrível e surpreendente participação de J. Jonah Jameson, reprisando seu papel como JK Simmons.

É ai que a magia acontece. Como Peter vai se livrar dessa acusação? O mundo agora sabe quem ele é. Bom, existe na Marvel, um advogado capaz de livrar Peter Parker dessa situação. E que coincidentemente, tem uma ligação com o herói, além de também ser um herói.

Estamos falando de Matt Murdock, o Demolidor. Eu sei, eu sei, a possibilidade é bem pequena e pode ser praticamente nula. Mas existe um fio de esperança.

O ator, Charlie Cox, que interpretou Murdock na série feita em parceria com a Netflix, já demonstrou interesse em atuar com o Homem-Aranha de Tom Holland. Esse é um ponto positivo.

Outro ponto positivo, seria que atualmente, a parceria entre a Marvel e a gigante de streaming chegou ao fim. Atualmente, alguns acordos legais, proíbem o Demolidor de aparecer em outras plataformas que não sejam a Netflix, por pelo menos mais um ano e meio. Isso seria tempo suficiente até o próximo longa do Homem-Aranha.

Um ponto negativo, seria o fato de supostamente constar no acordo feito entre a Disney e a Sony, que um filme do Cabeça de Teia, deveria ser feito de dois em dois anos. No entanto, se a Disney conseguir retardar isso, e convencer a Sony a esperar um pouco mais para o lançamento, o próximo filme do Homem-Aranha pode coincidir exatamente com o término do acordo com a Netflix. Isso deixaria o Demolidor totalmente livre para aparecer em tela com o Homem-Aranha.

Sim, é verdade, como disse anteriormente, a possibilidade é praticamente nula. Mas ela existe, ou não?

Você gostaria de ver Matt Murdock trabalhando com Peter Parker nos cinemas?